14 de junho de 2017

Vídeos ao vivo: Transmissão alternativa ou piloto?

Na última semana, os brasileiros se depararam com uma situação diferente: a transmissão do amistoso entre Brasil e Argentina pelo Facebook.
Esta nova forma de transmitir um jogo fez a plataforma bater recorde de lives simultâneos no Facebook. Foram contabilizadas 156.000 pessoas na página da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no início da manhã.
A partida contra a Argentina foi transmitida pela rede social, UOL, TV Cultura e TV Brasil. Assim que encerrou a transmissão, o post registrava 2,7 milhões de visualizações.
O acordo da CBF com o Facebook incluiu ainda, a transmissão de outro amistoso: Brasil x Austrália, nesta terça-feira às 7h05 .
As transmissões ao vivo pela Internet quebraram a regra na tevê brasileira dos últimos anos. Sem a TV Globo, que não aceitou a proposta da CBF de adquirir os direitos de transmissão dos amistosos diante de Argentina e Austrália de forma avulsa, a entidade que comanda o futebol brasileiro resolveu alçar voo solo, e comprou espaço por valor irrisório nas grades da TV Brasil e Cultura para mostrar as partidas.
Estas transmissões de jogos por conta própria funcionaram como uma espécie de “piloto” para a CBF, que tem a intenção de faturar mais com transmissões próprias e patrocínios. Além disso, a iniciativa amplia as alternativas para que fãs de futebol possam acompanhar os jogos da Seleção.
Transmissões pelo Youtube
Não é só no mundo dos esportes que as transmissões ao vivo fazem sucesso! Uma prova disso, é o canal da Justiça Eleitoral no YouTube, que na última quinta-feira, disponibilizou conteúdo para mais de 15 mil espectadores, que acompanharam simultaneamente, a leitura do voto do ministro Herman Benjamin, relator das ações que pedem a cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer. Ou seja, era esse o número de pessoas conectadas, ao mesmo tempo, assistindo à sessão.
Depois de 48 horas, os vídeos do canal da Justiça Eleitoral tiveram 370 mil visualizações, e durante os três dias de julgamento das ações, os vídeos das sessões permaneceram entre os dez mais assistidos no Brasil.
O recurso ao vivo também já vem sendo testado por emissoras, como a Band, que transmitiu o Jornal da Band pelo Facebook, e até mesmo por profissionais da área da saúde, com a veiculação de cirurgias transmitidas ao vivo.
Esta aposta em vídeos ao vivo para o marketing digital é ótima para divulgação de marcas e seus conteúdos segmentados. Os Lives se tornaram uma “varinha mágica de engajamento” e o YouTube só perde para o próprio Google (Pesquisa) em número de buscas realizadas: as pessoas realmente assistem a estes canais como fonte de aprendizado, diversão, cultura e todo tipo de entretenimento.

Compartilhar

Tags:

Deixe um comentário
//JIVOCHAT (function(){ var widget_id = 'Tv5NbOr907';var d=document;var w=window;function l(){var s = document.createElement('script'); s.type = 'text/javascript'; s.async = true;s.src = '//code.jivosite.com/script/widget/'+widget_id; var ss = document.getElementsByTagName('script')[0]; ss.parentNode.insertBefore(s, ss);}if(d.readyState=='complete'){l();}else{if(w.attachEvent){w.attachEvent('onload',l);}else{w.addEventListener('load',l,false);}}})();//SMARTLOOK window.smartlook||(function(d) { var o=smartlook=function(){ o.api.push(arguments)},h=d.getElementsByTagName('head')[0]; var c=d.createElement('script');o.api=new Array();c.async=true;c.type='text/javascript'; c.charset='utf-8';c.src='https://rec.smartlook.com/recorder.js';h.appendChild(c); })(document); smartlook('init', '5d6f6b427a43a663afbbe8b04f04c92aed9eaca7');});